Carta para o pai da minha namorada…

Boa tarde, sei que isto pode parecer um bocado estranho, até porque eu e a sua filha ainda somos jovens, mas eu só quero que o senhor saiba que o meu grande objetivo é fazer da sua filha a mulher mais feliz do mundo.

Eu percebo o seu medo que eu lhe faça algum mal, que a faça sofrer, que a desencaminhe, que faça com que ela desista do seu futuro, de ir para a universidade, por exemplo, mas acredite que eu nunca lhe disse para ela deixar de fazer alguma coisa por minha causa, eu seria incapaz de prejudicar o futuro que tanto o senhor, como a sua esposa, como ela têm planeado.

Se me perguntar se pretendo formar-me em medicina, não, não pretendo. Se me perguntar se sou tão bom aluno como a sua filha, não, não sou. Se me perguntar se estou a pensar em ir para a universidade, não, não estou. Mas se me perguntar, a mim ou à sua filha se sou o tipo de rapaz de quem ela precisa, aposto que a resposta dela será igual à minha, sim. Enquanto a sua filha me tiver do lado dela, que espero que seja para sempre, nunca nada de mau lhe acontecerá, eu protegê-la-ei sempre.

Ela é a melhor pessoa que eu já conheci. Além de ser bonita, é uma pessoa espetacular e o senhor contribuiu para que isso acontecesse, por isso, deixo desde já o meu muito obrigado por ter feito com que uma menina como ela tenha vindo ao mundo.

Quero que fique esclarecido que não sou como muitos rapazes que existem por aí. Eu não quero a sua filha só por causa da beleza dela ou por causa dos seus atributos, quero-a por muitas mais razões. Quero-a, porque ela é especial, é diferente de todas as outras raparigas que existem hoje em dia, é a mulher com quem eu sempre sonhei, é uma menina muito doce, bem-humorada, é a alegria em pessoa, é muito cuidadosa com tudo, quer sempre que tudo fique na perfeição, tem muito medo de errar com as pessoas que ama, é muito amiga dos amigos, é extrovertida, tem aquele olhar inocente, aquele olhar de menina que me faz apaixonar cada vez mais dia após dia, tem muito medo de desiludir os que mais ama, principalmente a família.

Acredite, nem o senhor deve ser capaz de conhecer a sua filha como eu conheço e sabe porquê? Porque você não olha para ela durante horas e horas, não aprecia o olhar dela, o sorriso dela, o seu tom de voz, como eu aprecio. Só em olhar os olhos da sua filha, eu consigo dizer-lhe se ela está feliz, triste, entusiasmada, com medo, com ciúmes, com raiva, tudo. Eu conheço a sua filha até de olhos fechados. Eu consigo decifrar o seu olhar, o seu silêncio, o seu sorriso. Quando ela está a sorrir com vontade, porque está feliz, vê-se a covinha dela do lado direito da bochecha, se não se vir a covinha, é porque se passa algo de errado e está a sorrir só para pensarem que está tudo bem com ela. Quando ela está muito calada é porque se passa algo de muito mau, é porque está aborrecida com alguma coisa. Quando a voz dela fica rouca à noite é porque está a ficar com sono. Não é muito difícil de perceber quando é que ela está envergonhada, pois ela fica super corada, sorri muito e mexe no cabelo ou no telemóvel. Quando se enerva é perigosa. É muito ciumenta com qualquer pessoa. É capaz de dizer o que tem de dizer às pessoas, mas se gostar das pessoas é mais soft, se não gostar, não quer saber se é fria. Quando não gosta de alguém, não gosta mesmo e a única coisa que essa pessoa tem de fazer para deixar de ter o carinho dela é trai-la ou fazer mal às pessoas de quem ela mais gosta. Há muitas mais coisas que conheço sobre a sua filha, mas vou ficar-me por aqui.

Já devo estar a prolongar-me demasiado, por isso vou acabar esta carta agora, lembre-se de tudo o que esta carta diz. Eu seria incapaz de fazer mal à menina dos seus olhos, as minhas intenções com ela são do mais honestas possíveis. A sua filha é a pessoa que mais amo à face da terra e se fosse preciso, daria a vida por ela. Faço tudo para a proteger e para a ter por perto.

Nunca se esqueça disto tudo, porque eu sei que o homem que vai estar à espera dela no altar, serei eu e quando eu a vir a entrar na igreja de braço dado consigo vou me lembrar desta carta e vou suspirar “Aquela carta valeu a pena”.


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...