Carta para a insegurança!

Querida insegurança,

Escrevo esta carta para te pedir para parares de me atormentar desta maneira e também para parares de desencadear muitos outros sentimentos que me destroem por dentro!

Sabes que a tua existência só me prejudica e decidiste habitar em mim desde cedo. Parece que sou bastante confortável para ti, pois insistes em não ir embora! Larga-me por favor!

Fazes ideia de quantas oportunidades deixei para trás por tua causa? Fazes ideia de quantos sonhos deixei de concretizar por não acreditar que era capaz? Sabes o que é pensares que toda a gente à tua volta é melhor do que tu em tudo? Pois é, não sabes, de certeza!

Quanto mais tento mandar-te embora, mais tu queres ficar!

Fizeste de mim uma pessoa extremamente ciumenta, pois tenho medo de ser trocada de um momento para o outro. Por tua causa, não consigo estar 100% descansada em relação às pessoas que amo, estou sempre com o pé atrás em tudo. Por tua causa, quando me dizem que sou a melhor pessoa do mundo, eu não consigo acreditar; quando me dizem que sou insubstituível, eu penso que estão a dizer aquilo só para me fazerem sentir bem. Por tua culpa, eu não acredito nos meus valores e capacidades. Posso até acreditar que sou boa a fazer certa coisa, mas na minha cabeça, nunca, NUNCA sou a melhor, por mais que as pessoas digam que sim.

Ah, estava a esquecer-me das tempestades que crias dentro de mim, dos monstros que crias na minha mente. Primeiro, crias medo em mim, medo de não ser boa o suficiente, impedes-me de agarrar as maiores e as melhores oportunidades de sempre. Depois dessas grandes oportunidades passarem, provocas em mim aquele arrependimento enorme de não ter arriscado, fico com a incerteza do “podia ter dado certo” e isso remói bastante, chega a magoar!

Por mais que tente, não consigo libertar-me de ti, por isso peço-te agora, educadamente, por favor, vai-te embora de uma vez, não me destruas por completo, deixa-me ser feliz também!

Ficar-te-ei grata para sempre.

Com os melhores cumprimentos,

Filipa Castro.