Carta para o idiota que não soube dar valor…

Tinha de te escrever , só para te mostrar aquilo que me fizeste sentir este ano , este mês .
Para teres uma pequena noção do idiota que foste e do mal que me fizeste.

Por mais vezes que digas que me amas e por mais que te diga o mesmo , lamento , mas não há amor que chegue para apagar todo o sofrimento que causaste em mim.

Eu lamento imenso , talvez até mais do que tu , mas as coisas entre nós não vão voltar a ser iguais , e não sei sequer se vão voltar a resultar.

Desde o inicio , eu fui a pessoa que gostava mais , a que quis sempre mais, e toda a gente sabe que quem gosta demais, acaba magoado mais depressa.

Eu quis amor e tu , não sei bem o que querias tu , mas este mês quiseste distância.

Distanciaste-te tanto que sinto que agora temos no meio de nós, um enorme muro , e eu não tenho forças para derrubá-lo.

E sabes porque é que não tenho tal força ?

Claro que não sabes , não estavas aqui , não sabes o que sofri.

Andei a desperdiçar a força que tinha , a forçar sorrisos para mostrar que podia estar bem sem ti , fingi ter apetite , fingi ter interesse em sair só para me distrair , mas tu não sabes , não estavas aqui.

Desperdicei toda a força que tinha a fingir ser aquilo que não era , e só à noite podia realmente ser eu , e desabar por completo.

Passava as noites acordada, a pensar em ti e em como podias magoar-me desta maneira se o que sentias era realmente amor.

Só eu e a almofada sabemos as noites que chorei e as lágrimas todas que por ti derramei.
Eu passei este último mês, aqui , sozinha.

Sem saber de ti , sem te ver , senti imenso a tua falta , precisei de ti , precisei do teu apoio e do teu carinho, e tu ?!

Onde estavas ?!

A distância pode não ter sido agradável para ti , mas com certeza foi pior para mim , oxalá me sirva de lição, oxalá aprenda a não amar demais.

Será que isso se aprende ?!

Este último ano senti que andei numa montanha russa gigante contigo e adivinha ?!
A viagem só me enjoou a mim .

Tu foste cruel , pegas-te no meu coração e colas-te todos os pedacinhos e para quê ?

Para em seguida o atirares ao chão e poderes pisá-lo com toda a tua força.

Obrigadinho meu grande idiota !

Mas finalmente atingi o meu limite , acabou , chega , basta !!

Não vou mais esperar pelas tuas chamadas ou mensagens , não vou mais reler as nossas conversas, agora só quero esquecer que fizeste parte de mim , quero esquecer que estiveste aqui , um dia .

Quero esquecer-me de ti , quero afogar tudo o que sinto ainda por ti no mais profundo dos oceanos e quero poder seguir em frente.

E para concluir , não vou ser irónica e dizer que espero que sejas feliz e que um dia encontres alguém que te faça bem , porque não é nada disso que te desejo .

Quero sim que algum dia , alguém te magoe como tu me magoas-te a mim e quero especialmente que te f*das !!

Adeus idiota .

Ass: A melhor miúda que já tiveste na tua vida