Carta à ex namorada da minha grande paixão!

Desculpa escrever-te, assim, à descarada, mas preciso de te contar umas coisas. Porquê, perguntas tu? Nem sequer te conheço, isso é verdade. Não te conheço, e tu ainda estás pior do que eu, que nem sequer sabes o meu nome, ao passo que eu já sei o teu. Pensei que não estarias interessada nisso. Afinal de contas, eu sou aquela que quer ficar com o que uma vez foi teu, e compreendo se me odiares por isso. Mas a culpa não é minha, ou é? Não fui eu que acabei com a chama que ardia entre vocês, pois não? As coisas boas passam depressa, suponho eu, e depois de tanto tempo, a vossa relação chegou ao fim.

Sabes, sempre imaginei que fosses uma mulher da pior espécie. Uma egoísta, maldosa, que à primeira oportunidade, fugiste para outro país para estudar, e o traíste de todas as maneiras possíveis. Imaginei-me mesquinha, tacanha, disposta a parti-lo por dentro, por capricho, como se quebra uma boneca de porcelana. Tentei convencer-me disso, de que tu é que eras a vilã, a culpada, a parte que errou.

Mas agora entendo que não é assim. Ao “conhecer-te” um pouco melhor (sim, porque com a internet, só não se sabe o que não se quer!) percebi que isso não era verdade. Se o traíste ou não, não é da minha conta. Achava que me podia meter assim nos motivos da vossa separação, mas, por muita raiva minha, não posso. Eles são vossos, apenas vossos.

Ainda te acho um milhão de coisas. Convencida, assanhada, que gosta de dar nas vistas, mas sei que o amaste durante todo o tempo que estiveram juntos. Compreendo que ele te tenha amado, e que tenham sido felizes, e não sei se o conseguiria fazer tão feliz como ele foi contigo. Problema meu, eu sei. Sei que as primeiras paixões, os primeiros grande amores não se esquecem, e por mais que eu espero que ele o faça, sei que isso não vai acontecer. Um ponto para ti.

O que quero com esta carta, afinal? Agradecer-te por o teres amado, desprezar-te por o teres desfeito em mil bocados, e garantir-te que, se ele me deixar, vou saber amá-lo, não só como o amaste a ele, mas como apenas eu o saberei amar.

PORCecy H
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...