Cada um se mata à sua maneira…

Eu prefiro acender um cigarro para manter em erudição meus tormentos, que prefiro chamar de pensamentos, e expor com palavras para que consigam entender de forma opcional, e dessa forma me destruir internamente pouco a pouco;

Tento me manter longe deste vício insano de fumar e pensar;

O cigarro e o pensamento tem algo em comum (pelo menos ao meu ponto de vista), os dois precisam de uma faísca para acender, por outro lado há uma diferença absurda, em alguns tragos o cigarro se esvai de forma natural, enquanto que os pensamentos continuam a te pressionar de forma amedrontadora e pavorosa;

Pensamentos são incontáveis, implacáveis e eternos;

Já tentou não pensar em nada? Aposto que já! Mas aí vem uma notícia talvez desconfortável e inquietante:

É impossível não pensar em nada.

Prefiro pensar, afinal não cansa, você pode cansar de se cansar, mas nunca irá cansar de pensar, até porque como já foi dito é impossível parar.

O legal de pensar é que: os meus pensamentos são só meus, neles eu posso voar, colorir, imaginar e sentir o sabor extravagante que a ilusão tem.

– Como já havia citado, cada um se mata a sua maneira.

PORDeninhow Costa
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...