Azar no amor? Não, sorte na vida!

Definitivamente eu não tenho azar no amor porque sou sozinha, tenho o azar de ouvir comentários ou comparações a isso. Sou muito bem resolvida e não preciso depositar minha felicidade em outra pessoa além de mim. Não preciso dar uma resposta à sociedade sobre o porquê de não estar num relacionamento serio, ou porque não tenho filhos e coisas cansativas do tipo.

Já quebrei muito a cara e talvez isso tenha me tornado a mulher que sou. Não vou desperdiçar meu tempo que além de tudo é curto com pessoas vazias ou ate mesmo cheias de ego, sinceramente não preciso disso. Aprendi bem a lição de não confundir carência com amor ou carinho com paixão. Sei bem diferenciar alguém que realmente me enxergue com alguém que na verdade só me nota. Percebi que existem muitas pessoas com relacionamentos mal acabados querendo fazer um tapa buraco nas feridas, mas não, comigo não.

Dei muito amor para quem me dava amizade, muita atenção para quem não se lembrava de mim. Fiz tantas loucuras e sofri, sofri por dias as consequências daqueles atos.  Mas sabe, nem por isso eu deixei de amar, nem por isso eu resolvi me fechar do mundo. Eu resolvi apenas esperar.

Esperar que as coisas se ajeitem e que a vida mostre quem sim, quem sempre e quem nunca. Deixei muita dor para trás, enterrei muitos amores. Hoje quem vos escreve é uma mulher não aquela menina tola que se iludia com palavras melosas. Agradeço imensamente todos que me machucaram, pois só cresci por ter conhecido gente covarde e sem sentimentos como vocês.

Eu fiz uma faxina no meu coração e nada sobrou além de espaço, espaço esse que ficara aqui limpo e cheiroso esperando alguém que realmente valha se ocupar dele, e se esse alguém demorar eu vou vivendo, sou forte demais para deixar me abater por solidão, aprendi a fazer dela minha companheira.

Não há duvidas mais, eu só quero o que realmente for amor.

PORPaola Martins
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...