Atitudes nas palavras!

Ser mãe é ficar em casa sem fazer nada. Ser mãe é ver os outros acharem que a vida deles é mais ocupada, mais corrida, mais isto, mais aquilo, mas é sempre algo mais. Ser mãe é ser aquela pessoa que tem muito tempo livre “que sorte, está em casa pode fazer o que quiser”.

Ser mãe é divertir-se o dia todo! É ter toda a energia do mundo, pois o descanso assim nos permite. Ser mãe é ter que ser compreensiva e tolerante com todas as pessoas, é aceitar tudo o que se diz e faz para connosco, porque afinal de contas, nós não temos nada para fazer, nem nada com que nos preocupar, temos MUITO tempo livre! Muito mesmo. Ser mãe é ser inútil aos olhos dos outros, pois temos tempo de sobra para fazer nada.

Ser mãe permite-nos sair em 10 minutos e passear todo o dia, à que saber aproveitar o tempo que temos! Ser mãe fez com que conseguisse sair todas as sextas feiras (e sábados!) à noite para tomar café com as minhas amigas. Ser mãe fez com que conseguisse ter mais tempo para cuidar de mim, sem dúvida que sim. Também me permitiu sentar no sofá a ver um bom filme até ao fim pelo menos aos fins de semana e isso é óptimo. Ser mãe fez com que investisse mais na minha pessoa, no meu bem estar. Ser mãe tirou-me por completo as dores de cabeça, é remédio santo! Agora posso sair muitas mais vezes para ir ao cinema, restaurantes e curtir à grande!

As “atitudes” nas palavras por vezes deixam muito a desejar.

Nota: Para quem não percebeu, este texto é irónico. Eu amo ser mãe. Acho que algumas pessoas estão só um pouco equivocadas em alguns aspectos sobre a maternidade e as suas atitudes em torno disso assim o demonstram. Não acham?


PELA WEB

Loading...