Até um dia…

Antes de tudo quero começar por pedir-te desculpa, desculpa por ter sido tão bruta e tão insensível. Sei que fiz o que era o melhor para mim e no momento não pensei em ti e nos teus sentimentos e peço-te desculpa por isso.

Ao escrever-te este texto não espero que me perdoes e também não espero que me respondas porque sei o quanto estás magoado e triste comigo, e eu percebo.

Sei que durante o tempo que estivemos juntos tivemos os nossos altos e baixos, sei que houve momentos difíceis, mas também existiram momentos bons e são esses que eu quero que guardes no teu coração e que sejam esses momentos que te vem a cabeça quando de te lembras de mim e da pessoa que fui para ti.

Digo-te, foste sem dúvida a pessoa mais importante na minha vida, a pessoa que me ajudou mais do que qualquer outra, que me ensinou a crescer, que me acompanhou em tudo, e só tenho de te agradecer por isso e por todo o amor que me deste e por toda a confiança que depositaste em mim.

Sei que sempre sonhámos com um para sempre só nosso, que construíamos aos poucos o nosso futuro e que o planeávamos detalhadamente, com todos os percalços que existiriam pelo meio, mas mesmo assim acreditávamos que seriamos capazes.

Quando soube que nos íamos separar, queria acreditar que iríamos ser mais fortes que qualquer km que nos separasse, que íamos estar sempre bem, até surgirem as festas e as mensagens não enviadas, sei que foi duro, foi cansativo e desgastante, e sei que não aguentei mais. Não aguentei o estar fora e estar a discutir contigo, não aguentei as saudades que se transformaram em desapego, simplesmente não aguentei e espero que percebas isso.

Tudo o que vivemos sei que irás viver em dobro, sei que tens muita vida pela frente e sei que um dia irás ser feliz sem mim. Não quero que te lembres de mim como aquela que te deixou na mão, não, quero que te lembres de mim como aquela rapariga sensível e carinhosa que conhecias, quero que te lembres de mim como a primeira rapariga que apresentaste aos teus pais e que levaste a tua casa! Eu quero recordar estes anos como uma boa parte da minha vida e de certa forma como um ensinamento, como uma aprendizagem para a vida, porque para além de amor, foi o que me deste, uma aprendizagem, e eu só tenho de te agradecer por tudo.

Sei que o tão temido fim chegou, sei que custa aceitar e custa acreditar, mas sempre ouvi dizer que o que é bom acaba rápido e apesar de isto tudo ter acabado, espero que um dia possamos vir a ser amigos ou a falar, sem ressentimentos ou sem culpas, porque eu gosto de ti, e vou sempre gostar de ti, porque afinal, foste o grande amor da minha vida.

Isto não é um adeus, é um até um dia ♥

PORInês Cs
Partilhar é cuidar!