As saudades…

As saudades são algo que nos corrói e fere de uma maneira dura e fria.
Lidamos com a saudade todos os dias, todas as horas, todos os minutos. E se formos ver bem, isto não é uma simples generalização. Quem nunca relembrou um momento fantástico da sua vida? Quem nunca sentiu falta daquela pessoa, daquele sítio, daquele bem-estar? Eu já e não é, de todo, agradável.

Sinto uma grande dor que dilacera o peito, uma mágoa profunda e ao mesmo tempo uma alegria imensa.

Sentimo-nos pequeninos. Sim, pequeninos. Sentimos que o “nosso Mundo” está longe, está fora, está perto, está no nosso coração, está do outro lado do planeta.

São vários os sentimentos que advém da saudade. São vários os gritos. São várias as derrotas e as vitórias. Tudo é vário.
Sentir saudade de algo ou de alguém é bom.
Sentir saudade de algo ou de alguém é mau.

Saudade é talvez das palavras que mais confusão me faz.
Porque é que a vida nos proporciona momentos tão bons e pessoas tão boas para depois levar tudo isso e ficar apenas um grande sentimento de vazio ou um grande sentimento de alegria?

Sim. A saudade é contraditória. Já me senti imensamente infeliz por ter saudades, mas já me senti imensamente feliz. Porquê? Porquê não sei.

Talvez a minha tenra idade não me permita selecionar a maneira como lido com a saudade, mas a verdade é que lido com ela desde há muitos anos e sempre fui lidando de maneiras diferentes.

Atualmente, lido com “ela” todos os dias, em vários momentos do meu dia. Saber que alguém que amamos está demasiado longe é horrível, mas ao mesmo tempo recordar os momentos passados com essa(s) pessoa(s) é bom, é imensa e profundamente bom.

Será que a vida nos leva o que nos faz bem de propósito para, mais tarde, aprendermos a lidar com o sentimento de saudade e valorizarmos mais os pequenos e curtos momentos em que estamos com essa(s) pessoa(s)?

Será bom sentir saudade?
Será que é um sentimento assim tão horrível ou pode ser visto como algo positivo?
Será a saudade parte da nossa essência?
Eu tenho saudades, sim. E muitas.


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...