As recordações ficaram, mas tu não!!!

As recordações ficaram, mas tu não.

E mais uma vez, pela última vez, saíste por aquela porta fora, sem olhar para trás. Lembro-me como se fosse ontem, o que me disseste antes de ouvir a porta bater, lembro-me de ouvir a tua voz grossa, mas doce , a dizer “ sê feliz!” .

Mas não foram só estas duas palavras que deixaste para trás. Deixaste as nossa fotos , na caixinha que te dei, foram as fotos mais parvas que tirei em toda a minha vida, mas como as tinha tirado contigo, ficaram simplesmente perfeitas.

Sabes aquele CD de música que me deste pelo Natal? Sim, esse ainda continua na minha secretária, á espera que voltes e o punhas a tocar para nós dançar-mos como dantes. Já para não falar, da almofada que ainda tem o teu cheiro, e que não o vai perder porque todos os dias ponho o teu perfume nela, para me recordar de ti ,ali ao meu lado.

Como podes ver deixaste muita coisa para trás, e não foram só estas coisas banais, deixaste-me a mim atrás, e isso eu nunca te poderei devolver, porque tu não vais aceitar, aposto. Mas por mais que tenhas deixado atrás, o que eu queria, o que eu quero, tu levaste, tu levaste-te por aquela porta fora, para sempre.

PORA Imperfeita
Partilhar é cuidar!