Aquele rapaz….

És o primeiro e o último pensamento, és aquele que me faz super feliz e ao mesmo tempo és o grande motivo da minha tristeza.

Acredito que o futuro não nós pertence , que nunca seremos um só, um nós, mas é contigo que penso passar alguns anos da minha vida, é contigo que vejo-me a chorar no teu ombro, a dar as maiores gargalhadas do universo, é ao teu lado que quero estar e desabafar quando o dia na escola, na universidade ou no trabalho correr mal, é contigo que sonho comprar a primeira casa, o primeiro berço para o nosso bebé.

Mas será que sou o teu primeiro  e último pensamento? Será que é comigo que sonhas casar? E quando estas na companhia dos teus  super amigos , será que ai pensas em mim? Será que ao menos um segundo passo-te pela cabeça? Eu diria que sim, que um dia passei pela tua cabeça quando estavas com os teus amigos, mas e agora, agora somos dois mundos separados com a esperança dos mundos se unirem.

Será que devo insistir nestes dois mundos separados? Será que o meu mundo deve insistir nesta barreira, insegura, sem recuperação, cheia de medos de mostrar ao mundo o quanto me ama, o quanto eu não sou igual a “outra” , o qual eu não vou fazer sofrer.

Pergunto a mim mesma se não era para ficamos juntos, porque deixaste–me amar-te assim deste jeito, que por mais tempo que passe irei sempre tremer quando nos virmos como se fosse a primeira vez, porque o meu coração bate quando te observo a quilómetros de distância.

Juro que tento te ajudar, a ultrapassar toda essa raiva que vai dentro de ti para com o mundo, tentei sempre mostrar-te o meu lado mais carinhoso, dar-te o carinho que nunca tiveste, tentei-te alertar para alguns erros.

Pois é, sempre soube que não seria fácil, mas mesmo assim não desisti, mesmos separados observei-te ao longe e aconselhei ao perto, preocupei-me contigo ontem, hoje e amanhã, porque perguntas tu, e eu respondo porque nunca tive um rapaz tão especial na minha vida, um rapaz que desde o inicio tive a certeza que era contigo que queria ficar, que poderia vir o rapaz mais parecido comigo que eu não iria querer, porque tu és diferente e único e como uma vez te disse um puzzle nunca tem duas peças iguais e sim duas diferentes para se completar.

PORCarolina Vieira
Partilhar é cuidar!