Aos que ficaram!

Decidi que era a hora certa para vos escrever, que era o momento apropriado para dizer que vos amo com todo o meu coração.

A vós que ficaste tinha muito para dizer mas por vezes só a distância é capaz de revelar as coisas que ficam por dizer.

Fazem-me falta é verdade, mas essa falta só veio mostrar como são importantes para mim.

A saudade não é mais a mesma, ela está carregada de nomes, de lugares que ficaram para trás.

Era hora de seguir, de mudar, de fazer novas escolhas e eu fiz, eu me reinventei mesmo que para isso tivesse de vos deixar.

Uma nova etapa começou, mas o coração que ficou leve de muitas coisas ruins, também ficou carregado de todos aqueles que fazem parte da minha vida.

De todos sinto falta, uns de uma forma outros de outra mas cada um ao seu jeito deixou em mim uma marca, em cada um de vocês que ficou, ficou um pouco de mim, parte da minha história pertence-vos só que hoje a página mudou.

Mas a vida é mesmo assim um virar de página a cada dia de forma a escrever algo novo, algo diferente para que a história não se torne monótona, para que um dia possas contar a tua história e ela seja repleta de aventuras, onde apesar das derrotas, das tristezas, das saudades possas viver vitórias, alegrias e reencontros.

As saudades dos que ficaram só fazem aumentar a vontade de um longo e ternurento abraço, só farão reavivar o amor que existe em nós.

Aos que ficaram um beijo e um abraço do tamanho do mundo e não foi um adeus, mas sim um “Até já”.

O amor não mede distâncias, ele revela o verdadeiro amor em nós!

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!