Ao cair da noite…

Hoje ao cair da noite

Tudo pareceu tão vazio,

Senti meu coração mais pobre

Pois não vos tinha comigo.

Ao olhar as imensas águas

A lagoa parece não terminar,

Dá vontade de nela navegar

E as mágoas afogar.

A tristeza é arma letal

E só a entende quem a sente,

E aqueles que te fazem mal

Acredita nada têm na mente.

Desejar somente um abraço

Apenas um singelo carinho,

Só que as pessoas não arranjam espaço

Pois pode atrapalhar seu caminho.

Um coração magoado

Não fica imune à dor,

Vive sempre atribulado

Em busca do seu melhor!

PORJoana Brito
Partilhar é cuidar!