Amor é Por Vontade e Não Por Favor!

Deixo-te a porta aberta, sei que não queres ficar e, por isso, peço-te que saias, rápido! Vai e faz me um favor… Não voltes! Prefiro ver-te ir embora do que ver-te maltratar o meu coração.

Quantas chances te dei, quantas lágrimas chorei, quanto amor gastei por alguém que não merecia nada. É verdade, não merecias e mesmo assim dei-te o melhor de mim. E tu? O que me dês-te tu? Mágoa e dor. Deixaste-me de rastos com um coração ferido. Que mais queres de mim?

Vai embora! Vai e leva contigo esse falso amor, essas juras e promessas que não passaram de palavras. Agora, percebi o quanto estava cega por ti, o quanto me iludi com as tuas falas bonitas. Mas, as palavras não amam ninguém. E hoje percebi isso. Percebi que não preciso de ti, contigo sou uma metade vazia e destroçada. Sozinha sou inteira, preenchida de amor próprio.

Vai embora! Estou cansada de ti! Cansada de dar tudo de mim e não receber nada de ti. Nas tuas mãos, fui só uma boneca, brincavas comigo e era deixada num canto. Mas, já não brincas mais, meu querido. Aliás homens não brincam com bonecas.

Na verdade, és um covarde. Pois a pior covardia de um homem, é despertar um sentimento numa mulher e não amá-la. Por isso, não esperes que ande pelas ruas do teu egoísmo mendigando amor. Amor que é amor, é por vontade e não por favor. Não aceito um sentimento forçado, ou é dado de livre vontade ou, então, prefiro não ter nada.

Vai embora… Não venhas com mais desculpas, não digas que me amas, não me atormentes mais. Chega! Chega dos teus fingimentos. Por favor, vai-te embora…