O amor aparece quando menos esperas!

Vai sempre haver outro amor para além do próprio. Muitas vezes, para muitos de nós, até mais do que um.

Vais-te apaixonar mais do que uma vez, assim como também vais sofrer, chorar e lamentar certas perdas.

Amor que é amor, envolve sempre algum tipo de sofrimento: distância, terceiros, idade…

Muitas vezes vais imaginar momentos que jamais acontecerão, encontros que nunca chegarão, histórias de amor que nunca passarão disso, histórias.

Nem tudo acontece como queremos, caso assim fosse, ninguém ficaria de braços cruzados a ver o tempo passar e a saudade a aumentar.

Mas a vida dá voltas e o que te afeta hoje amanhã pode bem já não te afetar. Quem hoje está longe, amanhã pode já não estar. Quem hoje tem medo pode muito bem amanhã acordar com coragem suficiente para marcar a diferença na tua vida.

Podemos nunca chegar a ser bons o suficiente para agradar a todos, mas alguém, a certa altura da tua vida, vai amar-te por seres exatamente quem és, com essas tuas manias, esses detalhes, esses vícios, esses demônios que julgas só tu conseguir travar. Algum dia vai aparecer alguém tão especial que será capaz de ser mais teu, do que tu própria.
E por muito assustador que seja, tudo pode mudar de um dia para o outro, menos o amor.
O amor aparece, consume, desvanece, tortura, e morre. Mas volta. Sempre volta, em forma de saudade, ou apenas numa troca de nome.

PORRachel Stefan
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...