Amigo de Verdade!

Mais um dia de trabalho, onde eu pude exercer a minha função,

Onde além do meu suor, os resultados apareceram,

E agora vou para casa, reduto da minha felicidade,

Onde encontro minha família, meu tesouro,

Porém estou indo a pé, um caminho longo,

E neste momento passa um colega, de carro,

Ele pode até parar, mas não! Finge que não me vê,

Então passa um amigo, então ele para o carro e pergunta:

– Vamos, eu te darei uma carona!

Mas eu digo – não, não precisa!

E ele vai embora e logo adiante passa outro amigo,

Este amigo de verdade, então ele para o seu carro,

Não me oferece carona e pergunta:

– Amigo, porque você esta indo embora a pé?

E eu surpreso respondo: – Obrigado pela preocupação,

Estou andando, pois o meu médico me recomendou,

E nessa hora esse amigo se despede e vai embora

No outro dia, no mesmo horário ele esta lá,

Na frente do meu trabalho a me esperar e me fala:

– Amigo, eu não preciso, mas hoje eu vou contigo,

Eu também vou a pé, eu vou te acompanhar.