Amar é…

Eu e tu, a nossa história começou, como agora começam tantas outras, não foi amor logo ao início mas foi ”algo”.

Andámos um pouco perdidos , quisemos muito a mesma coisa, porém em alturas completamente diferentes, mas hoje quero acreditar que todos os caminhos pelos quais andei perdida me guiaram de certa forma até este, onde te encontrei a ti.

Será que é amor?

Ou é só um gostar do tamanho do infinito como dizem as crianças?

É impossível ser um gostar pequenino, eu sei porque tenho todos os sintomas de quem está apaixonado, sinto as borboletas na barriga, o nervoso miudinho quando temos um encontro, a respiração ofegante quando chegas perto de mim, existe um misto de sensações e um turbilhão de sentimentos.

Sabes que mais digo-te que é isso mesmo é amor !

Porque eu poderia passar todo o tempo do mundo contigo que mesmo assim iria continuar a sentir a tua falta no preciso momento em que tivesse de te deixar.

Amar é assim certo? É isto?

É sentir a tua falta quando não estás por perto, é ler e ver coisas amorosas e querer partilhar todas elas contigo, é ver filmes românticos e imaginar-nos no papel das personagens principais, é ouvir músicas lamechas e pensar em ti até ao fim.

Amar é discutir mas saber dar o braço a torcer quando sabemos que estamos errados.

Amar é ver filmes enroscados no sofá.

Amar é acordar e sentir-me a mulher mais feliz do mundo por te ter do meu lado.

Amar é brincar contigo, é correr pela casa como duas crianças, é fugir de ti quando tento atender chamadas e tu não me largas só pra me interromper com as tuas brincadeiras.

Amar é não pensar em nada quando estou contigo, e construir um mundo à parte onde só existimos nós.

Amar é olhar-te fixamente, olhar cada detalhe e ficar mais apaixonada a cada minuto que passa.

Amar é tornar especiais os momentos mais banais.

Amar é adorar secretamente as alcunhas terríveis que me dás e fazer-te pensar que não gosto de nenhuma.

Amar é querer tudo de ti, dar tudo de mim e ser feliz assim.

Amar é tanto disto e muito mais.

Amar é um tanto de tudo , e amo-te é a palavra mais desejada de ouvir.

Aquela que me disseste pela primeira vez, a que me atingiu como se fosse um tsunami.

Eu só queria certezas no meio de todas as nossas incertezas, e naquela noite tu deste-me todas elas.

Agora sei que não te quero perder e que te quero aqui tanto como me queres aí.

Bastou um ”amo-te” e conquistaste-me instantaneamente.

Hoje sou tua, completamente tua e quero dizer-te que também te amo.


PELA WEB

Loading...