Ama-te e ama!

Não guardes soluços engarrafados em pacotes de lágrimas que não deixaste cair.

Não acumules nãos e sins que não te façam sentido algum dar ou dizer.

Não ajudes a derrubar. Ajuda antes a levantar.

Oferece o teu melhor mas não te obrigues a agradar a todos. Sê tu.

Não sejas demasiado critico/a contigo mesmo/a.

Ama-te e vai-te limando aos poucos e por aí.

Ouve, escuta e descodifica por ti mesmo/a.

Não alimentes sentimentos baratos.

Liga a opiniões de quem te quer bem e não dês tempo de antena a criticas exacerbadas de quem não te quer.

Escolhe as pessoas pela cor da alma e não por outro qualquer tipo de roupa que usa.

Roupas há muitas, já a alma é única.

Chora quando te apetecer e não te sintas menos forte por o fazeres. Limpa-te também por dentro cada vez que te sentires cheio demais. Esvazia-te para teres novos espaços airosos e leves dentro de ti.

Não guardes “amotes” para amanhã. Di-los a cada hoje.

Pede desculpa e dá-te tempo também a ti para conseguires perdoar.

Fala apenas quando sentires que o que fores dizer a alguém lhe fará melhor do que se optares pelo silêncio.

Visualiza-te no lugar dos outros antes de dizeres algo menos positivo sobre eles.

Avalia o interior de cada pessoa pelo tom de voz que usa e pelas ações que tem. E avalia-te a ti mesmo também através dessas premissas.

Treina os sentidos e seleciona o fútil do essencial.

Olha nos olhos e deixa que te vejam também pelos teus.

Coleciona abraços, mãos dadas, palavras doces, gestos e sorrisos.

Desenha sonhos e trilha caminhos sem pisares ninguém enquanto os percorres.

Luta e persiste naquilo que te faz sentido. Persiste as vezes que forem necessárias e enquanto sentires ser por aí não desistas.

Vai aonde te leva o teu coração e leva-te também a ti em cada passo que deres.

Crê na vida e nas pessoas boas.

Silencia-te para te ouvires. Medita e leva a mente ao vazio.

Aprende a desapegar daquilo que não é para ti e treina a espera pacientemente.

Serenamente rega e espera ver os frutos a florir.

E durante o caminho, seja ele de que maneira for, lembra-te que tens motivos para te sentires grato/a.


RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...