Ama-me!

Eu não quero ser algo passageiro na tua vida. Eu vim para marcar a diferença. Para ser diferente das outras que chegaram, marcaram o teu corpo e foram embora. Eu quero marcar o teu corpo, sim. Quero deixar a minha marca em tudo o que for sítio. Quero que saibas que passou por ti um furacão. Mas mais importante que tudo, acima de qualquer coisa, eu quero marcar o teu coração.

Quero enchê-lo de amor. Quero cuidar dele. Quero colar cada pedacinho seu no local próprio e fazer com que nunca mais se parta. Quero tatuar-lhe o meu nome. Quero que ele sinta a minha presença diariamente. Quero que ele perceba que eu sim, vim para ficar e não dou o meu lugar a ninguém, porque nem ele vai querer isso.

Acredita, não abdico disso por nada. Sou eu. Sou eu que vou fazer parte da tua vida até ao final. E não duvides disso…

Acredita nisso em todas as noites em que te sintas sozinho. Eu vou estar contigo. Nem que seja em pensamento se não poder ser em corpo.
Acredita nisso todos os dias quando acordares. Eu vou estar a pensar em ti. Acredita em mim. Mete as mãos no fogo por mim. Não te queimas. Nunca.

Eu amo-te e sabes que essa é a verdade mais sincera que te posso dar.

Ama-me. Ama-me com todas as forças. Porque este é um amor que não te fere.

Eu sim, vou estar aqui no final. Sim. Acredita.

Acredita no nosso amor. Acredita no batimento do teu coração na minha presença. Acredita no quão o meu amor por ti é puro. Acredita na nossa felicidade.

Eu sei que não sou a rapariga mais perfeita do mundo. Nem o quero ser… Eu sei que vamos discutir. Que nos vamos odiar. Que vamos fazer as pazes. Que nos vamos amar. E que, no final, vamos sempre repetir tudo. E no fim, vou ser eu a estar aqui para ti. Como todo o amor do mundo. Sempre. Só para ti. Os nossos corações vão sempre pertencer um ao outro. Vão sempre procurar-se. Estejamos nós onde estivermos.

Eu amo-te. De verdade.

E este é o sentimento mais puro que te posso oferecer.