Vou ali ser feliz, sem ti.

Chegaste como um furacão. Não deste aviso e reviraste a minha cabeça do avesso. Se me tivessem avisado que o amor da minha vida iria ser um autentico caos provavelmente eu teria largado os filmes românticos e o sonho de um “felizes para sempre”. É tão lindo amar-te. Acordar por ti, viver para ti, adormecer contigo. Mas f*da-se, também é tão complicado aguentar esse feitio, tolerar essas atitudes com que não me identifico nem um pouco. É tão duro sufocar com as palavras que me gritas no calor do momento. Eu quero tanto amar-te mas cada dia é mais difícil. Cada dia perco um pedacinho de mim, e outro de ti, e o “nós” já começa a desabar quando não sabemos mais por onde tentar.

Já pensei em mil razões que me façam continuar do teu lado mas a balança inclina para as outras tantas que me impedem de ser feliz contigo. Porque, no fundo, eu quero ser feliz contigo. Quero ser em ti o efeito que tens em mim. Quero ser o teu ponto de abrigo de todas as madrugadas que não consegues dormir. Quero ser o teu ombro amigo de todos os pensamentos que não consegues esquecer. Mas tu não me deixas e eu já não consigo. Quero amar-te mas não dá. Tentámos que desse tudo certo mas fizemos tudo errado. Amar-te não é suficiente quando tu estás sempre descontente. Amar-te não é saudável quando me trocas pelo que é mais fácil. Amo-te mas não te quero mais. E tu nunca me quiseste. Ou nunca me amaste.

Vou ali ser feliz, cuidar de mim, colocar uma maquilhagem e gastar o dinheiro em roupa. Vou ali ser feliz, tomar café com as amigas e sair todas as semanas. Vou ali ser feliz sem ti. Vou ali ser feliz e não volto. E quando pensares em mim, não penses no que perdeste. Pensa antes naquilo que não ganhaste pela falta de vontade. Aproveita e vai ser feliz também, da melhor forma que conseguires: mas sem mim.

Eu fui ser feliz. E sou. Muito! Todos os dias.

PORL
FONTEWINE&SHIINE
Partilhar é cuidar!

RELACIONADOS




PELA WEB

Loading...