Agora sim, agora sou Enfermeiro!

Um sonho realizado! Quatro anos que voaram. Hoje estão aqui Homens e Mulheres que cresceram. Quantos de vocês deram conta do nosso crescimento? Ainda ontem muitos de nós estavam a abraçar os pais em jeito de despedida, prontos para começar com garra esta nova etapa nas nossas vidas, os que viviam cá, receosos, buscavam o conforto da família que lhes aqueciam o coração, mas hoje somos nós que nos despedimos uns dos outros. As saudades dos amigos vão crescer. Estes foram os melhores anos das nossas vidas e nunca os vamos esquecer. As lembranças falam connosco e nostalgias dançam ao som dos nossos sentimentos ao relembrar o que ficou quase esquecido. A vida de estudante chegou ao fim, essa sensação causa-nos frio e arrepios.

Fechamos os olhos e cheira a saudade. Tudo são memórias, tudo são momentos que levaremos. Não há mais festas universitárias, nem copos levantados. Não há mais jantares, nem gargalhadas dos amigos. Não há mais brisa fresca da madrugada, nem sabor de beijos de uma noite.

Na nossa mente ficam as aventuras, os medos, as lutas e todas as vitórias alcançadas. Nem sempre foi fácil, acreditem que não, houve momentos de fraqueza e de tristeza, mas como seria o nosso crescimento sem esses obstáculos?

Vivemos em favor do cuidado e esquecemos os nossos medos. Colhemos a empatia, a sabedoria, a compaixão, a arte do cuidar. Por fim, colhemos a profissão para a qual estudamos, esperamos ao fim do turno a melhorias dos enfermos e nem vivemos as nuvens da manhã na esperança de ver o fruto do nosso trabalho.

Fomos o sol que aquecia os doentes com amor, fomos a brisa que os tranquilizava. Enfim, fomos o melhor que pudemos. Ignoramos os nossos problemas e caminhamos sobre os corredores na tentativa de dar conforto e amor. A nossa companhia fez soltar gargalhadas, sorrisos e muita esperança. Tocamos no coração de cada um e dissipamos os medos e os receios dos doentes. Todos nós fomos os seus anjos brancos.

Nada disso seria possível sem as pessoas mais importantes, os nossos pais, vocês são o nosso pilar, o nosso apoio, vocês tornaram os nossos sonhos realidade e trouxeram alegria às nossas vidas. Obrigado, não existem palavras que descrevam a nossa gratidão pelo vosso esforço, mas acreditem no nosso amor por vocês, nele encontrarão todo o nosso agradecimento. É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais, diante dos vossos olhos está todo o vosso esforço: tentar fazer de nós os melhores do mundo. Vocês são os nossos super heróis

O agradecimento pela nossa formação vai para os nossos professores, parabéns, perante vocês está mais uma colheita de enfermeiros formados por vós. Somos o resultado do vosso esforço, dedicação e muitas horas de trabalho. Embarcamos neste carrocel de altos e baixos e foram vocês que ampararam as nossas quedas, ajudaram a lidar com as nossas dúvidas e ensinaram-nos que ser enfermeiro é mágico. Mas, acima de tudo, ensinaram-nos que os sonhos são para serem alcançados sem medo dos obstáculos, a todos vocês muito obrigado pela transformação que causaram em nós. Tudo isso foi possível porque não existiam professores, alunos ou funcionários aqui erámos uma família, uma família que vamos levar connosco para sempre dentro do nosso coração como sendo um bem precioso.

É hora de abraçar o futuro, sentir os sonhos por realizar e recordar aquilo que de bom a vida nos ofereceu.

É tempo de sentir responsabilidades, começar uma vida, lutar pelos nossos ideais e conquistar o mundo, porque somos enfermeiros, somos guerreiros!

Não esperem por facilitismos, já Fernando Pessoa dizia – “Pedras no caminho? Guardo-as todas, um dia vou construir um castelo!”. Vamos tropeçar, chorar, ter saudades dos amigos, da família … mas vamos estar a fazer aquilo que melhor sabemos: cuidar.

Parabéns a todos por esta conquista. O futuro a nós pertence, vamos fazer dele aquilo que sempre sonhamos.

 

A distância pode fazer-nos sofrer,

mas nada nesse mundo vai fazer-nos esquecer tudo aquilo que vivemos,

porque aqui somos todos loucos: loucos uns pelos outros.