Acredita em alguma coisa!

Ouvi dizer que você está cansado. Ouvi dizer que as pessoas não te enxergam. Ouvi dizer que está cansado de se sentir inútil. Ouvi dizer que você está com medo e que você não sabe quem você é, porque quem você é se confunde com quem você tem que ser.

Queria dizer que eu nunca te vi, mas que eu te enxergo. Posso dizer que nunca vi como você chora ou não consegue chorar, mas que eu sei como você se sente. Nunca ouvi sua voz triste, mas eu te entendo. Eu sei como é ir dormir esperando um amanhã melhor, mas acordar com a fria realidade de que nada mudou. Sei o quanto você se esforça para tudo dar certo, mas tudo insiste em dar errado e as vozes falam que é sua culpa.

Por favor, respire. Me permita dizer que você não sabe muito sobre você. Me permita dizer que você não sabe nada sobre você. Infelizmente, eu também não tive o prazer de te conhecer profundamente ainda – um dia, quem sabe. Mas eu sei como você é perfeitamente imperfeito. Ah, sim, você tem umas cicatrizes aqui e ali, também tem uma bagagem pesada, que você tem que levar pra todo lugar.

Ela é difícil de carregar e poucas pessoas aceitam que você entre no lar delas com sua bagagem. As que aceitam, valem a pena. Mas agora quero que você sente aí e abra sua bagagem. Eu sei que é difícil olhar para ela, tem muita coisa ruim. Mas olhe com atenção, eu sei que você vai achar nela perseverança, força e lá no fundo uma esperança – e pode vir com ela, um sonho.

Afinal, você está aqui. Ainda está procurando alguma coisa. Ainda não desistiu. Tire as coisas ruins da superfície da bagagem, ponha algumas coisas em cima. Não para disfarçar a dor, fingir que não machuca e que você perfeito. A dor precisa ser sentida para poder ir embora, mas para se lembrar que felicidade é estado de espírito e que não precisa só ter coisas boas na sua vida para senti-la.

As coisas ruins estarão lá, para você superar, te ajudar a crescer e para que você possa ajudar aos outros. Acredite em alguma coisa. A dor estará lá, você só não vai ter mais medo de se machucar. Pegue sua bagagem, suba seus degraus até o céu. Olhe como é belo nas nuvens, e o sol escondido atrás delas…

PORKaren Moura
Partilhar é cuidar!