A vida é uma dança!!

Hoje danço com a vida, algo feliz, como uma ténue brisa descontraída, arrepiando-me a pele despida, danço descalça sobre a calçada, pois é assim que a enfrento, destemida. Abraça-me e rodopiamos pelo trânsito que fustiga em chegar a casa, têm-me nos seus braços e aconchega-me nos murmúrios urbanos, sabendo que não estou só, que tudo passa mas sempre há algo que fica, mais não sejam as recordações desta dança livre pela cidade adormecida mas que não descansa.

Algures debaixo deste céu deprimido, precipita-se a chuva de suas lamurias, pelo meu cabelo escuro a baixo, cada rodopio que dou o cabelo solta-se e espalha pequenas gotas pelo meu parceiro, a morte. Bailo com a morte, uma dança sensual e perigosa, atrai-me para si e eu afasto-a, dançamos lado a lado de forma provocatória enquanto a convenço que estou melhor viva, que sou mais forte que essas suas mãos grandes e apaziguadoras, que sou eu e sou melhor. E o meu sorriso afasta-a por entre nuvens atarefadas em libertar o peso das suas frustrações.

Eu, o ipod em o modo aleatório (com a sinfonia perfeita de melancolia e nostalgia) e uma lágrima a afincar escapar, sorrio, e avanço pela escuridão nas pontas dos pés, balanço e salto de um lado para o outro contornando os obstáculos, sigo noite dentro enfrentando o frio e o silêncio ensurdecedor … como é bela esta tranquilidade de uma cidade que dorme, enfrento os seus perigos e quando dou por mim o sol já nasce de novo e a claridade ameaça iluminar-me.

“Shhhh coração inquieto, já passou. É um novo dia, e os pesadelos de ontem ficaram lá onde pertencem, na infinidade da noite. Agora escolhe a música e começa o teu dia, minha doce bailarina.”

E agora se me permitem vou dançar comigo própria, vou comemorar este indescritível lugar entre a existência e a ausência de mim, pois esta vida é uma bela colectânea de danças, umas sozinhas outras acompanhadas.

PORMaggie
FONTEDayDreaming
Partilhar é cuidar!

PELA WEB

Loading...