A Carta De “Amor Duro” De Uma Mãe Para O Seu Filho Que Está A Indignar “A Internet”!!!

Uma mãe escreveu uma carta ao seu filho de 13 anos que achava que já não precisa dela e que deveria ser independente.

Esta é a carta, que entretanto saiu para a internet e gerou uma discórdia imensa:

mae-escreve-carta-ao-seu-filho-de-13-anos-que-acha-que-ja-tem-idade-para-ser-independente

“Querido Aaron,

Tendo em conta que pelos vistos te esqueceste que tens apenas 13 anos, e que EU sou tua mãe, e não precisas de ser controlado, acho que vais precisar de uma lição sobre independência. E como também me atiraste à cara que agora já ganhas dinheiro, vai ser mais fácil de comprares de volta as coisas que eu te comprei no passado. Se quiseres as tuas lâmpadas ou o acesso à internet, vais ter de pagar a tua parte dos custos:

Renda – $430
Luz – $116
Internet – $21
Comida – $150

Além disso, vais ter de deitar o lixo fora às Segundas, Quartas e Sextas, tal como varrer e aspirar nos mesmos dias. Vais ter de manter a tua casa-de-banho limpa todas as semanas, preparar as tuas refeições, e lavares tudo depois. Se não fizeres nada disto, eu vou ter de te cobrar $30 por cada dia que eu tiver de fazer.
Se preferires voltar a ser meu filho outra vez, em vez de meu companheiro de casa, podemos renegociar os termos.

Amor,
Mãe”

Depois do seu filho ler esta carta, ela publicou na sua conta do Facebook a sua reacção:

“Ele chegou em casa, viu a carta, amassou-a para o chão, e saiu do apartamento. Eu sempre o encorajei a dar um passeio, quando ele está chateado para que que ele possa organizar os seus pensamentos para que quando nós falarmos, sermos capazes de falar, e não apenas gritar com o outro. Eu faço a mesma coisa – às vezes, eu só preciso ir embora e recompor-me. Ele ainda estava lívido quando chegou em casa e decidiu encenar um “senta-te” no meu quarto, riu-se para mim e repetiu, ‘Sério? O que é que vais fazer? Tu não podes tirar as minhas coisas, etc.” Convidei-o a sair do meu quarto, e quando ele fosse mais respeitoso, e eu estivesse mais calma, poderíamos discutir mais o assunto. Foi para o quarto e, após cerca de uma hora, retirou alguns aparelhos electrónicos e itens que eu me tinha esquecido que ele deveria ter que ganhar de volta para o seu comportamento. Pediu desculpas, e perguntou o que é que poderia fazer para melhorar as coisas e começar a ganhar os itens de volta. Ganhou o seu cobertor e algumas roupas. Fiz-lo deixar algumas roupas, para começar, não apenas aquelas que ele gostaria de usar todos os dias. Também tinha algumas almofadas e lençóis, não apenas aquelas que lhe são favoritas”.

No entanto, ao publicar isto para partilhar com os seus amigos, esqueceu-se de colocar o post privado e acabou por ser partilhado publicamente, tendo surgido diversos comentários acusando-a de ser uma má mãe.

Para esclarecer as coisas, voltou a escrever um novo post dizendo:

“Já anda aí e não tenho vergonha do que escrevi… eu não vou pôr na rua o meu filho de 13 anos só porque ele não pagou a sua parte da renda. Eu não quero que ele pague nada. Só quero que ele tenha orgulho da casa dele, do seu espaço, e dê valor às ofertas e à sorte que temos.”

Vê também: 19 Coisas Que Só A Tua Mãe Fará Por Ti!!

Ela explicou que ele agora dá mais valor ao que tem e conseguiu lentamente recuperar algumas coisas tendo de sacrificar outras e fez uma lista das regras da casa:

“1 – Faz o teu melhor na escola! Eu não espero um 100%, mas espero que faças o teu melhor e peças ajuda quando não entenderes alguma coisa.
2 – Os trabalhos de casa e tarefas precisam de ser feitos antes que possas ter tempo para ver TV.

3 – As tarefas são despejar o lixo, descarregar a máquina de lavar louça, deitar fora o lixo que fazes na cozinha, lavar a loiça suja, fazer a cama diariamente, deitar cedo, e limpar a tua casa-de-banho uma vez por semana.
4 – Deves completar 2 tarefas por dia. Cada dia da semana, com excepção do domingo, temos uma divisão para fazer limpeza. Tens de escolher duas tarefas para essa divisão. Por exemplo, se é a sala de estar, podes escolher duas das seguintes opções: limpar o pó, aspirar, polir a mobília, limpar as janelas, esfregar o chão.
5 – Sê respeitoso e gentil com as tuas palavras – nada de me responder mal.
6 – Mantém uma boa higiene.
7 – Faz contacto visual quando estiveres a falar e a ouvir.
8 – Usa boas maneiras.”

A verdade é que, apesar de muita gente achar que a atitude desta mãe possa ter sido muito dura, na realidade só serviu para fortalecer mais a relação com o seu filho e torná-lo num homem melhor para o futuro.

Partilhar é cuidar!