A cada dia que passa lembro-me de ti (…)

Lembras-te quando estavas sozinho sem ninguém?

Lembras-te quando tinhas vontade que o  mundo acabasse?

Quando pensavas que o mundo estava todo contra ti, quando ninguém se importava contigo.

Lembras-te quem esteve contigo? Lembras-te quem te tirou dessa solidão?

Quem te fez sorrir de novo, quem te deu cores à vida?

Lembras-te disso?

Lembras-te de quando não te deixava por um único segundo com medo que cometesses alguma loucura?

Estive contigo 24 sob 24 horas, enquanto os outros se riam de ti, estive contigo a todo instante a fazer com que sorrisses, tive contigo dia e noite, aturando o teu mau estar !

Ajudei-te no que pude.

Tudo parecia maravilhoso, agradecias-me de todas as maneiras possíveis !

Tanto te ajudei e tanto me agradeces-te e tanto sorriamos um com o outro que apaixonamo-nos !

Um amor lindo, um amor que começou sobretudo com uma amizade enorme.

Um amor que não nos largávamos por um segundo, era algo forte e intenso que parecíamos crianças de 10 anos .

Estávamos tão apaixonados que esquecíamos o mundo lá fora.

Estávamos tão apaixonados que esquecíamos os contras todos que haviam.

Estávamos tão apaixonados que nós próprios nem nos apercebíamos do quanto !

Eram as escapadinhas á noite sem ninguém ver, eram as idas a barragem soltar gargalhadas livres e apaixonadas !

Eram duas pessoas apaixonadas e felizes, duas pessoas que tanto que queriam que conseguiram separar.

Hoje dia 17 de junho escrevo isto porque passado tempo sem ti, sem te ver, encontrei-te !

Tanto te encontrei que o “bom dia” que trocámos um com o outro e a troca de olhares bastaram para eu ver que estás infeliz, que estás mal com a vida.

Não penses que eu não estou igual, estou até quem sabe pior.

Não existe nem um dia que não me lembre das trocas de mensagens, das trocas de telefonemas, das trocas de gargalhadas, das trocas de beijos, das trocas de carinho, e das trocas de juras e promessas de duas pessoas completamente apaixonadas!

Mandaram uma pedra para o nosso futuro, uma pedra bem grande.

Tínhamos tantos planos para o futuro e saíram todos esmagados.

Mas a razão de escrever isto tudo é para que tu saibas que não te deixo de amar nem um segundo.

Para que saibas que a cada dia me lembro de ti.

E também para agradecer a quem nos conseguiu separar.

Podemos estar separados mas um dia ainda nos vão ver bem juntos e felizes!

Quando é amor de verdade não se desiste ao primeiro obstáculo, e eu nunca irei desistir de ti !

Amo-te


PELA WEB

Loading...