12 Mitos Em Que Os Filmes Nos Fazem Acreditar!!


Os filmes não servem só para entreter, como também ensinam muita coisa, no entanto algumas vezes somos enganados e acabamos por acreditar em verdadeiros mitos.

Estes são apenas alguns deles:

Mito: Vitimas de afogamento normalmente pedem ajuda gritando enquanto esticam os seus braços para cima.

Verdade: Na realidade, é difícil reparar em alguém que se esteja a afogar.

Mito: Clorofórmio adormece imediatamente as pessoas por diversas horas.

Verdade: Demora cerca de 5 minutos até que alguém comece a sentir os efeitos químicos que apenas duram pouco tempo.

Mito: Tens de esperar 24 horas até reportares o desaparecimento de alguém.

Verdade: Se realmente estiveres preocupada(o), deves contactar a polícia imediatamente.

Mito: O processo forense responde a todas as questões e até resolve crimes.

Verdade: O processo forense só ajuda a reunir provas.

Mito: Disparar duas armas ao mesmo tempo parece porreiro.

Verdade: Apontar duas armas ao mesmo tempo é quase impossível.

Mito: Um cinturão de asteróides é denso e sobrecarregado.

Verdade: Existem muitas milhas de vácuo entre asteróides.

Mito: Podes falar com outro pára-quedista durante a queda.

Verdade: O vento a passar nas tuas orelhas faz com que fiques surda(o) a todos os sons.

Mito: A polícia consegue localizar uma chamada num minuto.

Verdade: Localizar uma chamada demora cerca de uma hora.

Mito: O pino de uma granada pode ser, dramaticamente, retirado com os dentes.

Verdade: A pessoa iria ficar sem dentes e mesmo assim o pino iria permanecer na granada.

Mito: Uma porta pode ser aberta com uma bala.

Verdade: A algema de um cadeado é grossa e feita de ferro. Uma pequena bala não a irá partir.

Mito: Os silenciadores tornam qualquer arma completamente silenciosa.

Verdade: Um silenciador apenas amortece o barulho, mas o disparo continua a ser audível.

Vê também: 9 Mitos De Sobrevivência Que Podem Na Realidade Magoar-te!!

Mito: Um coração parado pode ser reiniciado com um choque de desfibrilador.

Verdade: Assim que um coração pára de bater, um desfibrilador não o poderá reiniciar.

FONTEBrightside
Partilhar é cuidar!